.posts recentes

. Outro blog

. Anjos

. Regresso

. Máscaras e Mesquinhez

. Parábola da Rosa

. Mais uma vez - A Amizade!

. Tio

. Romantismo

. Blog

. Carlos Paredes

.arquivos

. Março 2005

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Sexta-feira, 20 de Agosto de 2004
Máscaras e Mesquinhez

Hoje recuei alguns anos e fui em busca de pedaços de mim que fui deixando no mundo da Internet, quando ainda nem se falava em blog’s.
Nas minhas memórias que não são perdidas no tempo, mas apenas adormecidas, para serem acordadas sempre que a necessidade se impõe, fui encontrar frases, conceitos, ideias e debates que são sempre actuais.
Penetrei no passado e perdi-me em leituras de outros tempos, anos.
Talvez a época em que acreditava piamente que o ser humano não era tão mesquinho como tenho vindo a conhecer.
Não foi assim há tanto tempo. Regressei ao passado de Março de 2002.
Sempre um pouco utópica mas, em simultâneo, com os pés assentes na terra, tentava não acreditar que fosse possível o ser humano poder preocupar-se mais com questões sem importância real, e menos com as essências da vida.
Acreditem, essa minha utopia ainda não desapareceu.
Mesmo que me depare todos os dias com a tal mesquinhez embrutecida por esta selva, até aqui na blogosfera, ainda acredito nas pessoas de bem.
E existem algumas dessas pessoas com as quais tenho o prazer de conversar e de considerar como amigas.

Em determinada altura, nesse tal fórum, comecei a falar de Mudanças de Personalidade que ocorrem no ser humano, e que chamamos vulgarmente de Máscaras. Talvez este seja mesmo o termo mais adequado.
E dir-me-ão vocês: e quem não usa uma máscara no seu dia a dia?
Também é verdade. Não deixamos de as usar sempre que disso necessitamos.
Não acredito numa pessoa que me diga: eu não uso qualquer máscara.
Como forma de defesa, escondendo fragilidades, sim. Não com o intuito de enganar a fim de deturpar verdades.
Mas, nem era bem a isso que me referia na altura em lancei tal tema a debate. Mas, sim à questão da mudança de personalidade para a adequar a alguém ou a algo determinado.
E dizia eu quanto a isso que, um dia, a máscara acaba sempre por cair e a verdadeira personalidade revela-se por debaixo da tal face que antes se mostrava límpida.
Quem me conhece desde há dois anos atrás dos fóruns do Sapo, lembrar-se-á deste tema que gerou alguma controvérsia.

Pegando nesta questão e aplicando-a agora e ao que tenho vindo a conhecer também aqui, na blogosfera, vejo que continuamos a ver e a descobrir máscaras.
Mas, estas caem com tanta facilidade que logo nos deparamos com a verdadeira face das pessoas que, de forma mesquinha, se preocupam demasiado com o que os outros fazem - se cantam, se dançam, se amam, se se deitam para a esquerda ou para a direita, se comem em pé ou sentados; pessoas que se deveriam preocupar um pouco mais com a sua própria vida e não perder tempo em busca de algo para tentar atingir o seu semelhante.
E eu pergunto-me: o que ganham com isso?

Pergunto ainda: porque não fazem da blogosfera um local de lazer em vez de um espaço de competição?
Porque não deixam a selva lá fora quando se sentam em frente a um computador e vêm conviver virtualmente com pessoas que nem se incomodam se escrevem, se pintam, ou se se mascaram de palhaços? Sim, mascaram de palhaços. Porque os palhaços de profissão usam uma máscara de riso quando, por vezes, choram, porque disso necessitam como o seu ganha-pão.
Porque insistem em fazer também da Internet, um espaço de guerra, em vez de um local de paz, riso e descanso?

Será por não lhes restar mais nada?

publicado por Anjo do Sol às 01:25
link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De Anónimo a 9 de Setembro de 2004 às 01:00
Concordo com o teu ponto de vista, até porque a nossa personalidade e maneira de pensar vai evoluindo com o tempo, as ideias vão amadurecendo, e como diz o provérbio, mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.
Há que ver que o virtual hoje em dia faz parte da nossa vida do quotidiano, e claro que há competição e cada vez mais.
Gostei do teu modo de escrever que não conhecia, e da partilha das tuas ideias.
Fica um beijoAlma de Poeta
(http://almadepoeta.blogspot.com)
(mailto:Mulher_Mariense@sapo.pt)
De Anónimo a 1 de Setembro de 2004 às 20:14
Olá adorei teu canto tuas palavras me tocaram profundamente,são lindas mesmo espero poder nos encontrar qualquer dia,um abraço a vc!Aninha
(http://minhapassagem.zip.net)
(mailto:abasmarques@hotmail.com)
De Anónimo a 1 de Setembro de 2004 às 20:14
Olá adorei teu canto tuas palavras me tocaram profundamente,são lindas mesmo espero poder nos encontrar qualquer dia,um abraço a vc!Aninha
(http://minhapassagem.zip.net)
(mailto:abasmarques@hotmail.com)
De Anónimo a 1 de Setembro de 2004 às 14:17
(muito falei disso noutras paragens...) Mas agora... venho apenas trazer-te um beijo e um abraço.Reboot
</a>
(mailto:bbear1@sapo.pt)
De Anónimo a 29 de Agosto de 2004 às 20:41
Adorei, adorei, adorei, A D O R E I o teu blog, vc escreve q é uma maravilha de ler, gostei de tudo aqui, desde o lay até a musica, os texto, na verdade, gostei de tudo! Muito bem feito mesmo, e da pra ver q é feito com carinho!
Um beijo enorme. Fica com Deus!Aninha
(http://aninha-venezuela.blogger.com.br)
(mailto:ana_ceci7@hotmail.com)
De Anónimo a 28 de Agosto de 2004 às 05:22
Adoramos seu post estavamos lendo e lembrado da época que deixamos para trás a doce ilusão da bondade humana, cada dia se confirma "O homem lobo do homem, vivemos nossa sociedade hipocrita que nos impoem os valores sem ao menos segui-los, usam mascaras do falso moralismo para esconder a pura escoria, , ja dizia Raymond Aron, "jamais existiu e não existe coletividade humana", o ser humano não vive sozinho mas a sua coletividade é a do EU sozinho, beijossssssss

Deby&loidy
(http://www.de_pernas_pro_ar.blogger.com.br)
(mailto:debiloidy@bol.com.br)
De Anónimo a 27 de Agosto de 2004 às 19:59
Oi Anjo, nossa adorei esse post, falou e disse, felizmente meus amigos e visitantes, são sempre pessoas boas e de boa indole, assim como você, amiga de verdade, mas infelizmente vez ou outra nos deparamos com pessoas e situações que nos deixam, tristes e inconformados, mas enfim a raça humana é assim... mas temos sempre que separar o que é bom do ruim, e aprender a nos defender das máscars do mal. Parabéns pelo blog, a meu ver esta melhor do que nunca, adorei... muitos beijos!!!Eduardo
(http://www.educowboy.blogger.com.br)
(mailto:papelpinheiro@ig.com.br)
De Anónimo a 26 de Agosto de 2004 às 21:06
Olá :) Há muito que não aparecia por aqui e qual não é a minha surpresa quando vejo que o título do teu post é igual ao meu :) Pura coincidência, acredita. Não sei porque fazem dos blogs uma competição. É perfeitamente desnecessário. Muito pessoalmente, eu uso o meu blog como um escape. Um aplacar de raiva, de medos, insatisfações e incertezas, pela poesia(?) É um processo catártico só meu mas faz-me feliz.
Há pessoas q nunca tiram a máscara, nem aqui e isso faz-me triste. Porque aqui somos livres de ser o q queremos, sem medos, sem repressão.. Sem máscaras! Um beijo grandeNightwitx
(http://nightwitx.blogs.sapo.pt)
(mailto:nightwitx@hotnail.com)
De Anónimo a 26 de Agosto de 2004 às 11:17
Março de 2002. Bolas és das primeiras no mundo da net a publicar... Parabéns.polittikus
(http://polittikus.blogspot.com)
(mailto:pp@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Agosto de 2004 às 11:14
uma coisa gostria de saber, porque é que o Homem quando tem tudo o que quer da melhor maneira sem trabalho e sem dores de cabeça estraga tudo?
fica bempatinhas
(http://aliberdadedeescrita.blogs.sapo.pt/)
(mailto:prcpf@latinmail.com)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
.subscrever feeds