.posts recentes

. Outro blog

. Anjos

. Regresso

. Máscaras e Mesquinhez

. Parábola da Rosa

. Mais uma vez - A Amizade!

. Tio

. Romantismo

. Blog

. Carlos Paredes

.arquivos

. Março 2005

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Terça-feira, 18 de Maio de 2004
Porta de Jardim

opendoor.gif.jpg


Sabes aquela porta entreaberta?
Um dia quando a tentares abrir de par em par
Verás o quanto é difícil eliminar o obstáculo
Que atrás dela se encontra
Aquele que vai germinando sem que te apercebas
De cada vez que dizes adeus
De cada vez que um beijo teu falta
Sempre que as palavras de amor
Vagueiam perdidas
Dirigidas a um sem número de flores
Aí será tarde demais para o removeres
E a porta entreaberta fechar-se-á para ti
Para sempre
Sem arrependimentos
Sem retornos

O amor tal como um jardim
Necessita de ser cuidado
Retirando as ervas daninhas
Que se vão emaranhando nas raízes
Ludibriando as flores mais frágeis
Levando-as a encolher-se na dor
E a secar por completo
Faz-lhe falta a água dos sentidos
Que faz o jardim sorrir
Faz-lhe falta o Sol
Que faz as flores curvarem-se
Rendidas à beleza da vida

Aquela porta entreaberta
É a que te conduz ao meu jardim florido
Ou se fecha em si mesma
Deixando o jardim em completo segredo
Até que um dia
Alguém reabra essa porta
E o jardim renasça
Como que num milagre

publicado por Anjo do Sol às 14:27
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 22:48
Todo o jardim precisa de ser regado, como todo o Amor deve também ser alimentado...
Nao nos devemos encostar na porta entreaberta... mas sim abri-la de par em par e deixar o Sol iluminar e fazer florescer o belo jardim... :)
(Boas notícias... Vê o mural, he he, acho que é desta :o))
Um beijo enorme amiga*meialua
(http://meialua.blogs.sapo.pt)
(mailto:luamagica@hotmail.com)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 21:15
bem inspirante.. o teu jardim é belo.. a porta entreaberta.. adorei a tua prosa.. a imagem... Bjocas eca light
(http://blogalize.blogs.sapo.pt)
(mailto:axezaum@msn.com)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 20:19
que este jardim renasça, ao som das mais lindas cantigas.. e que suas flores iluminem os sorrisos dos que passam..(linddoooo! seu poema!)
Postei nos dois, amiga. pois tem pessoas que nao conseguem entrar no zip..:(
bjs. bjs..
Lú
(http://www.luzdaminhaalma.blogger.com.br)
(mailto:mofinaxxx@uol.com.br)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 19:59
Oi amiga!! Boa tarde. Com certeza o amor precisa ser renovado sempre, se não a rotina acaba com qualquer tipo sentimentos...Um beijo no seu coração!! Quase Um Anjo
(http://www.quaseumanjo.blogger.com.br)
(mailto:quaseumanjo@uol.com.br)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 19:38
O amor como todos os sentires, alimenta-se de pequenas/grandes coisas.

Sei que o sabes alimentar.
BeijusssssssssssssssssssLetrasAoAcaso
(http://LetrasAoacaso.weblog.com.pt)
(mailto:manintherisingsun@hotmail.com)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 19:09
Adorei os poemas e tb o nome do teu blog na imagem de topo.O estilo de letra está muito giro.bjsAC
(http://porquenaomeamas.blogs.sapo.pt)
(mailto:angelion2004@sapo.pt)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 18:10
Porque as vezes temos lá nossas insônias...porque nos remexemos num certo ritmo cardíaco...perante a todos...deixo as lágrimas q cerco...estas não tão secas como antes, creio eu, fingia chorar... hj entendo como q dói... e percebo q nenhum sonho roda minha mente...a utopia constante q me cercava...morre.... e não acho graça nisso...apenas admiro...pessoas q fecham seus olhos e dizem...boa noite

gabi
(http://www.gabi-hudson.weblogger.com.br)
(mailto:semcalsinha@bol.com.br)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 18:02
o erro de muitos casais é mesmo esse. Não "regam" o seu amor. Dps, murcha ... naturalmente. Ao ler o poema lembrei-me da canção Jardins Proibidos lolol. **** .Tiago
(http://numanaturezamorta.blogspot.com)
(mailto:tiago_67@hotmail.com)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 17:57
\o/ estive aqui \o/ visita-me também \o/livrobranco
(http://livrobranco.blogs.sapo.pt/)
(mailto:livrobranco@sapo.pt)
De Anónimo a 18 de Maio de 2004 às 16:32
Bonito poema... :)))

Beijos :)folhaderascunho
(http://folhaderascunho.blogs.sapo.pt)
(mailto:folhaderascunho@sapo.pt)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
.subscrever feeds