.posts recentes

. Outro blog

. Anjos

. Regresso

. Máscaras e Mesquinhez

. Parábola da Rosa

. Mais uma vez - A Amizade!

. Tio

. Romantismo

. Blog

. Carlos Paredes

.arquivos

. Março 2005

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Sexta-feira, 23 de Abril de 2004
Autopsicografia

pessoa1912.jpg


O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.


(eternamente, Fernando Pessoa) 


 


 

publicado por Anjo do Sol às 22:25
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Anónimo a 26 de Abril de 2004 às 17:53
Adoro Fernando Pessoa e este poema e fantastico , bela escolha .BEIJOKAS*****tou que nem posso
(http://oblogdamana.blogs.pt/)
(mailto:mnh@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Abril de 2004 às 19:11
Gosto muito desse poema e acho que foi muito bem escolhido :) beijos docesMissLadyMystery
(http://mundodossonhos.blogs.sapo.pt)
(mailto:lovespellyou@portugalmail.pt)
De Anónimo a 25 de Abril de 2004 às 18:40
Ola, grande homem fernado pessoa :) gosto muito dos poemas dele, de inicio kd começei a estudar axava k ia ser uma seca pk kase ninguem gosta de estudar poemas nem fernando pessoas, mas kd entrei na materia curti msm bue :) telma
(http://dolls.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kikinhaa@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Abril de 2004 às 10:56
Onde está polámico, deve ler-se, é claro, "POLÉMICO"LetrasAoAcaso
(http://LetrasAoacaso.weblog.com.pt)
(mailto:manintherisingsun@hotmail.com)
De Anónimo a 25 de Abril de 2004 às 09:30
Finge tão bem que quem lê por vezes acha que ele finge e ele escreve verdades:)bom domingoencandescente
(http://eroticidades.blogs.sapo.pt/)
(mailto:encandescente@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Abril de 2004 às 09:01
Sabes que ele achava que os heterónimos eram na verdade outras pessoas que apenas o utilizavam para psicografar?

Personagem fascinante sem dúvida.
Sonhador, como convém a Poetas.
Louco, como convém a artistas.
Contraditório. Polámico. (As suas mais que provadas ligações aos Nazis de Hitler).

Por outro lado, acreditava piamente na reencarnação.

Era tudo is to e um dos Poetas grandes.

E tu alguém muito inteligente e sensível pq o entendes.

Beijo-te com carinho.LetrasAoAcaso
(http://LetrasAoacaso.weblog.com.pt)
(mailto:manintherisingsun@hotmail.com)
De Anónimo a 24 de Abril de 2004 às 21:02
um dos poemas mais belos na língua portuguesaTCA
(http://riscos.blogs.sapo.pt)
(mailto:alvestc@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Abril de 2004 às 20:20
Amo de paixão este poema... :) Bem escolhido. Beijinhosdiario_apaixonado
(http://diarioapaixonado.blogs.sapo.pt)
(mailto:diario_apaixonado@sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Abril de 2004 às 23:36
Bonita homenagem. O Fernando Pessoa, merece-a.Agostinho
(http://www.evtagostinho.blogs.sapo.pt)
(mailto:ag_silva@hotmail.com)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
.subscrever feeds