.posts recentes

. Outro blog

. Anjos

. Regresso

. Máscaras e Mesquinhez

. Parábola da Rosa

. Mais uma vez - A Amizade!

. Tio

. Romantismo

. Blog

. Carlos Paredes

.arquivos

. Março 2005

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Quinta-feira, 22 de Abril de 2004
As minhas férias - Parte III (última)

E não é que me tinha esquecido de relatar o resto das minhas férias?
Realmente! Mas, acho que o subconsciente anda a tentar esconder a lembrança do que se passou no dia seguinte. Enfim... razões que a razão desconhece.
Mas, vamos lá continuar para a última etapa.
No dia 9 levantei-me um pouco mais tarde para descansar da viagem da véspera. Arrumei o que tinha a arrumar, tomei o pequeno almoço, guardei as bagagens no carro, tratei da cachorra, dos piriquitos (um dia falo da família enorme de piriquitos que habita o meu quintal) e passei à última tarefa antes de me fazer à estrada: verificar óleo e água no carro. Tudo estava em ordem: ambos num nível razoável, em perfeitas condições.
Lá entrei no IC19, como não podia deixar de ser mas, desta vez, sem o trânsito habitual, pois trava-se de feriado, e cheguei à via para a Ponte 25 de Abril sem quaisquer problemas. E foi aí que tudo começou!
O trânsito era bastante intenso, o que não me admirava, apesar de não se encontrar completamente compacto. Já no tabuleiro da ponte, comecei a reparar que o meu carro estava com alguma dificuldade no desenvolvimento da marcha, mas pensei comigo que não devia ser nada de mais e até podia ser impressão minha. Continuei a viagem.
Já perto da zona em que a A12 vem desembocar na A2 o trânsito tornou-se quase caótico, no "pára-arranca" que é bem conhecido de quem costuma andar de carro horas de ponta. Por momentos, parecia que estava no famigerado IC19, em hora de ponta para regressar a casa, após um dia de trabalho.
Mas, nada disso! Era apenas a ânsia dos portugueses em se dirigir para Sul.
Nessa zona, comecei a notar algo mais no carro, algo de muito estranho: um imenso fumo que saía do tubo de escape. Pensei: "Mau! Isto já não é normal!". O problema é que continuei a pensar que não seria nada de grave, já que o carro tinha vindo da revisão geral 8 dias antes.
Ainda olhei para a berma a ver se poderia encostar o carro mas, com o trânsito que estava era complicado, pois estava mesmo a chegar à intersecção das duas Auto estradas - A2 e A12.
A partir daí o trânsito voltou ao normal e não vi mais o tal fumo a sair do meu Bogas. Continuei o trajecto, embora com alguma cautela e, atenta a algum fumo que visse sair, até que olhei para o sinalizador da temperatura! Céus!! Estava quase no máximo! Não houve muito que pensar: pisca para a direita e encostar o veículo debaixo de uma ponte, à sombra. (o calor já se fazia sentir).
Abri o capô e - claro!! - sem pinga de água!
Não sei como foi possível fazer cerca de 1500 km sem gastar quase água e em menos de 100 km ela ter desaparecido por completo! Pois é... daquelas coisas que eles têm de vez em quando e nos levam à certa, deixando-nos desprevenidos.
Não adianta pensarem "É mulher, se fosse homem isso não acontecia", como eu já ouvi, porque se há algo com que tenho cuidado é o meu Bogas!
Colocar água não adiantou de muito, apesar de ter colocado ao nível normal, pois tchan tchan a junta da cabeça do motor... enfim... imaginem... foi-se!
Acabei por saber que foi devido ao radiador, apesar de eu no local ter verificado que ele não deitava qualquer pinga de água para o chão.
A seguir, foi colocar triângulo, chamar assistência, vir o reboque, o táxi que nos levou a Lisboa e todos aqueles trâmites que fizeram com que me esquecesse até da hora de almoço. Mas, verdade seja dita, a fome também não era nenhuma!
Depois, foi pensar: e agora? Que fazer? Voltar a casa? Seguir de transportes para Sul? Nada disso! Tomei a decisão de alugar um carro e lá fui directo ao aeroporto!
Claro que ao chegar me deparei logo com dificuldades - fim de semana da Páscoa, sem reservas!? - parecia piada, mas não desisti apesar de ter ouvido alguns "não" e "sem reserva não temos nada"! E fui recompensada quando alguém me disse: "Precisa de um carro? Nós temos! Agora descanse!" Um sorriso enorme se deve ter desenhado no meu rosto naquele momento, porque tinha conseguido! mais preparativos, papelada, pagamento e, finalmente me coloquei a caminho do Sul, mais uma vez, rezando para que mais nada houvesse.
A viagem decorreu com normalidade até 7 kms antes do meu destino, onde o carrito que me entregaram resolveu dar um apito - ai estes carros novos todos cheios de manhas e tecnologia avançada - e acender uma luzinha. Pensei comigo: "NÃO!! Já chega!". Afinal, não era nada de muito, muito importante, embora requeira alguma atenção.
Cheguei junto das pessoas que me aguardavam com algumas horas de atraso, mas cheguei bem e, isso sim, foi o importante.
Estava finalmente no Alentejo e aí permaneci até Domingo. Fui até Vila Nova de Milfontes, minha querida vila cheia de recordações dar o passeio habitual e pouco mais. Foi principalmente de total descanso.
Regressei dia 11, após o almoço, e a viagem até casa decorreu com toda a normalidade, em que fiz o que ainda não tinha feito: todo o trajecto sem entrar em Auto Estrada, num passeio calmo, sem pressas. E, principalmente, com pouco trânsito!!
E assim foram as minhas mini-férias da Páscoa!
Calculo que esta parte das minhas férias, já não invejem, não é? (*_*)

publicado por Anjo do Sol às 13:23
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 23 de Abril de 2004 às 00:29
Olá! vim retribuir a visita... mas foi um pouco difícil ler o texto, ao mesmo tempo que este sofria as suas diversas actualizações! Lol! BeijosAran_aran
(http://capricornioemim.blogs.sapo.pt/)
(mailto:aran_@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Abril de 2004 às 23:35
já houve férias da páscoa? caramba... já nem me lembro :)abstracto
(http://riscos.blogs.sapo.pt)
(mailto:alvestc@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Abril de 2004 às 20:10
ai a tua cabeça... ai ai .. com post´s bonitos até fizeste esquecer também do resto das férias... hehehe ... Li a acho que foram lindas, um espetáculo ... (Cá entre nós: Não me faças mais inveja, Plzzz...) Bjseca light
(http://blogalize.blogs.sapo.pt)
(mailto:axezaum@msn.com)
De Anónimo a 22 de Abril de 2004 às 19:48
Hum: li o teu comentário no blog do analfabeto.
Finalmente tomei uma decisão: vou ser PADRE!
Tenho a certeza que seria óptiiiiiimo!

BeijosLetrasAoAcaso
(http://LetrasAoacaso.weblog.com.pt)
(mailto:manintherisingsun@hotmail.com)
De Anónimo a 22 de Abril de 2004 às 19:28
Gsotei do teu post... acontece. Mas férias, acho que só eu é que não tenho férias...analfabeto
(http://analfabetosexual.blogs.sapo.pt)
(mailto:pp@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Abril de 2004 às 17:48
Espero que com tudo isso tenhas vendido o carro!!!

Empresto-te o meu. Juro que não deita água fora!
Eu sabia que nem tudo seriam rosas na tua viagem. Esse é o preço a pagar por não se vir para as terras do frio!

BeijosLetrasAoAcaso
(http://LetrasAoacaso.weblog.com.pt)
(mailto:manintherisingsun@hotmail.com)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
.subscrever feeds