.posts recentes

. Outro blog

. Anjos

. Regresso

. Máscaras e Mesquinhez

. Parábola da Rosa

. Mais uma vez - A Amizade!

. Tio

. Romantismo

. Blog

. Carlos Paredes

.arquivos

. Março 2005

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

Quinta-feira, 17 de Junho de 2004
Depois de Ti

ocean-sunset-big.jpg

Esta noite
Contigo sonhei
Há tanto tempo que não o fazia
Que nem sei
Senti como se de novo
Me invadisses os sentidos
Arremessando-me
De encontro à loucura
Que sempre contigo senti
Nunca antes conhecida
Jamais repetida

Antes de ti
Depois de ti

Foste luz, cor,
Foste carne, suor,
Senti-te a boca
Doce como mel
Num beijo molhado
Mistura de línguas
Boca que deslizou pelo corpo
Despiu roupa, mordeu pele,
Arrastou-me consigo
Despindo-me de todo o presente
De tudo em que me transformei depois de ti
Depois de ti
A minha vida a isso se resume

Antes de ti
Depois de ti

A ladaínha repete-se
Intermitentemente nos meus ouvidos
Habituados ao teu sussurrar
E, depois de ti
O mundo adquiriu um tom cinzento
Sem sol, sem os coloridos da alegria
Que importa o que veio depois de ti
Se foste sempre tu quem me invadiu os sentidos?
Se foi por ti que sempre esperei?

Antes de ti
Depois de ti

E agora sonhei
Sonhei que estavas aqui
Porque te vi
Porque te senti
Porque mais uma vez
O meu olhar cruzou o teu
Depois dos anos passados
O coração não mudou
Pulou, gritou, cantou, dançou,
Como se quisesse saltar do peito
E finalmente juntar-se ao teu

Sei o que sentiste
Sinto-o
E tu? Sentes?
O teu olhar
O silêncio no teu sorriso
O abraço quente e apertado
Agora sei que voltaste
Tu
Só para mim
Deixei de ouvir a ladaínha
Antes de ti
Depois de ti
Ouço apenas um sussurro:
Contigo aqui.

publicado por Anjo do Sol às 22:33
link do post | comentar | favorito
22 comentários:
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 12:25
Claramente o teu reencontro foi bem melhor que o meu. Nota-se um final feliz. Que bom para ti! Beijinhoslique
(http://mulher50a60.blogs.sapo.pt)
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 12:08
Falar de amor é as as vezes tão difícil..Retratar sentimentos, sensações, emoções. Admiro como fazes.A sua poesia está linda.. Beijos e beijos!!! Um lindo dia para ti, Anjo!Lú
(http://www.luzdaminhaalma.zip.net)
(mailto:morfinaxxx@uol.com.br)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 11:53
Fica bem a conjugação do poema com a música que tens no blog...Magnifico.
Gastar mais palavras para quê??!!Rui Santos
(http://gangbang.blogs.sapo.pt/)
(mailto:rui_miguel_santos@yahoo.com)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 10:58
Olá amiga, bom dia!! Passei para te desejar uma linda sexta feira!! BeijokasQuase Um Anjo
(http://www.quaseumanjo.blogger.com.br)
(mailto:quaseumanjo@uol.com.br)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 09:48
Olá amiguinha!! Que saudades!!
Soube ontem o que te aconteceu. Espero que estejas recuperada e ainda bem que não foi nada bem pior!! (Não que ser atropelada seja bom... ;o)err...)
De vez em quando passava cá mas também nem sempre tenho tido tempo para as visitas, mas andava desejosa que voltasses!
Bem-vinda de volta, :) apesar de que o Sapo esta semana andou muitos dias a "passar-se"... errr
A ver se falamos ;o)
Um beijo enorme e bom fim de semana*
meialua
(http://meialua.blogs.sapo.pt)
(mailto:luamagica@hotmail.com)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 09:20
Parece haver uma pacificação em ti.
Re-encontraste o te amor ao que vejo.
Fico feliz por ti.
Beijos, AnjoLetrasAoAcaso
(http://LetrasAoacaso.weblog.com.pt)
(mailto:manintherisingsun@hotmail.com)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 02:22
Meu Anjo do Sol, voltastes inspirada, será que sei o motivo? Desculpe por não ter vindo antes, mas não por negligência e sim por falta de tempo mesmo. Desculpe também não estar presente no momento em que passastes por dificuldade e necessitava de nós, mas cá estou e se precisar, sabes onde me encontrar, que sua recuperação seja a melhor possivel, ou melhor que seja perfeita,e que jamais volte a ocorrer. Mas quem sabe não lhe renda um belo poema, como mesmo disse os dedos estão a tremilhar... rs. Faça da desgraça um graça... que o seu Sol, brilhe a cada dia mais forte, e a escuridão porque passaste foi apenas um aprendizado, para valorizar ainda mais a importância da luz, e ela está presente em sua vida, basta aprecia-la e usufruir-se dela. Beijos aos montes, com todo carinho seu mais novo amigo.Eduardo
(http://www.educowboy.blogger.com.br)
(mailto:papelpinheiro@ig.com.br)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 00:51
Lindo! Tem um cheirinho a felicidade. Continua, amiga, força. Bjs
amita
(http://brancoepreto.blogs.sapo.pt)
(mailto:amitaf324@hotmail.com)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 00:50
Belo poema de reencontro, Anjo do Sol...A sua leitura fez-me sorrir, tal a sua expressividade :-)Dora
(http://levementerotico.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ledamadrugada@yahoo.com)
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 00:47
Nossa amiga!! Simplismente lindo!! Posso pegar emprestado para guardar no meu acervo de poemas?? Uma ótima noite miga!! BeijokasQuase Um Anjo
(http://www.quaseumanjo.blogger.com.br)
(mailto:quaseumanjo@uol.com.br)

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
.subscrever feeds